Notícias

MFC Sportech - Sócio Torcedor Virtual, você conhece?

20/07/2020 18:23

O tema desta semana no Maringá FC Sportech é uma novidade um pouco diferente, o sócio-torcedor virtual. Já ouviu falar sobre isso, torcedor tricolor? Então dá uma olhada nessa categoria nova que pode ser muito comum daqui pra frente.

Os programas de sócio-torcedor no Brasil costumam ser bem tradicionais, até por serem relativamente novos. O torcedor se filia ao clube e paga uma mensalidade. Em troca, ele geralmente tem direito a ingressos, poder de voto nas assembleias e alguns benefícios, que costumam variar muito de um clube para o outro.

Esses programas, assim como o esporte e os clubes pelo mundo, foram bastante afetados pela pandemia. Sem a presença da torcida no estádio, os programas de sócio-torcedor em muitos casos são uma das iniciativas mais prejudicadas. Ainda assim, eles são um dos melhores jeitos do torcedor apoiar e se conectar com o clube. Isso pede algumas soluções criativas, e é aí que a tecnologia entra em campo.

MFC Sportech

A maioria dos clubes usa os meios digitais para se conectar e com os torcedores, por redes sociais, sites próprios ou aplicativos. Na maioria dos casos, os programas de sócio-torcedor fazem parte dessa estratégia de marketing digital dos clubes, uma vez que o cadastro e a comunicação são praticamente 100% online. Ainda assim, a maioria dos benefícios dos programas são mais focadas no “mundo real”, como brindes, atividades exclusivas no estádio ou os próprios ingressos.

No “mundo virtual” geralmente há poucos benefícios para os torcedores, muitas vezes limitados a descontos na loja on-line do clube ou mais recentemente acesso a conteúdo digital exclusivo. Essa é uma tendência que deve virar, não só durante a pandemia, mas provavelmente com efeitos no longo-prazo, até pela dificuldade em saber quando os torcedores poderão voltar aos estádios com segurança. Na Escócia, por exemplo, a liga já anunciou um pacote de sócio virtual, com direito a todos os jogos de mandante de um clube com transmissão.

Além disso, muito se fala sobre os novos benefícios que podem ser oferecidos com exclusividade num programa virtual de sócio-torcedor. Por exemplo, que tal um tour pelo estádio, passando pelo vestiário pronto para receber os jogadores e verificando o gramado junto com a arbitragem? Ou então participar da ida ao estádio de dentro do ônibus do time, com direito a resenha junto com os jogadores ou podendo fazer perguntas táticas ao técnico? Ou já imaginou ter acesso a uma arquibancada virtual para assistir ao jogo junto com outros torcedores do seu time pelo mundo?

Outra das principais vantagens de um programa virtual de sócio-torcedor é atender bem aqueles torcedores que não moram na mesma cidade do clube. Isso cria uma maneira de conectar o time com esses fãs, além de poder criar comunidades ao redor do país – e até mesmo do mundo – de torcedores. Alguns dos principais clubes europeus e também nos esportes norte-americanos têm demonstrado bastante interesse em se relacionar melhor com seus torcedores e seguidores de fora de seus países de origem, e essa pode ser uma tendência muito relevante num futuro próximo.

Pensando ainda mais no futuro, uma das maiores apostas das principais ligas norte-americanas é que a realidade virtual vai mudar muito o jeito como assistimos a esportes. Se essa tecnologia se concretizar no futuro, é bem possível também que possam existir pacotes específicos para acompanhar os jogos através de um aparelho de realidade virtual. O time colocaria as câmeras pelo estádio, e os torcedores poderiam ver o jogo de qualquer lugar, com qualquer ângulo, no melhor estilo videogame. Se essas tecnologias evoluírem o suficiente, poderia até ser possível acompanhar a partida do ponto de vista dos jogadores, de dentro do campo. Já pensou que legal?

E você, torcedor Maringaense? Toparia uma categoria virtual no nosso programa de sócio-torcedor? Comente nas nossas redes sociais se você toparia essa ideia e quais benefícios você acharia mais interessantes.

Até semana que vem!

 

Por Rafael Holtz

Voltar